sábado, 9 de maio de 2009

ENYA MARIA PIMPOLHA


Miau, miau,miau, miau, miau, miau, miau, miau miau, miau miau, miau.....
Foi assim que um membro das Bolinhas de Pêlo acordou às 03h00m madrugada de Segunda-Feira.
Lá foi ela em pijama, tentar descobrir quem miava tão desesperadamente e onde!
Percebeu que dentro do motor de um carro lá estava o causador de tanto miar ;)
Deitou-se debaixo do carro e chamou, chamou, chamou, mas nada:( que desespero!
o bebé não queria sair de dentro do carro e às 05h00m manhã acabou por desistir e vir embora para tentar descansar um pouco, não sem antes de lhe deixar uma latinha com comida :)



À hora de almoço do dia seguinte e depois de uma escapadela ao local, percebeu que o bebé estava no meio de um mato :( e decidiu que ao fim do dia iria tentar apanha-lo.
Chegou-se ao pé do mato e fazendo alguns buracos numa camisola devido às silvas, lá se conseguiu começar a abrir espaço. Chamou-se pela bebé, ouvia-se o miar e vislumbravamos a bebé por entre as silvas, mas ela com medo nunca se aproximava.
Lá se abriu um buraco com uma tesoura de poda, gentilmente emprestada por um benfeitor e amante de gatos e colocou-se a armadilha, pois de outra forma seria impossível apanhar a bebé.
Paciencia pois está claro! É que isto de apanhar gatos com armadilhas exige muita paciencia, mas ao fim de algum tempo a armadilha disparou, sinal de que tinhamos visitante :))
E o visitante revelou-se esta linda e meiga menina, de 6 semanas de idade, que provavelmente devia ter-se perdido da mãe e por isso miava tão desesperada, além do facto de estar completamente sózinha naquele mato.
Neste momento está numa FAT a engordar e a revelar-se meiga, linda e brincalhona, pois já anda atazanar as caudas dos felinos da casa :))
Se gostaste da aventura da Enya e gostavas de lhe dar um lar feliz, então contacta-nos e vem conhece-la pessoalmente! Não vais ficar arrependido/a!



1 comentário:

Sandra disse...

Pois é, é claro que só podia miar à porta de uma de vocês, os animais sabem onde estão pessoas fantásticas que vivem este projecto de corpo e alma. Muita sorte Enya.